Ligações úteis

COA mostra atenção máxima

http://maigoc2007.sports.sina.com.cn 2007-11-04  MAIGOC

Comer no exterior pode causar intoxicação alimentar

Na conferência de imprensa realizada ontem o xeque Al-Ahmad Al-Fahad Al-Sabah, presidente do COA, o Dr. Jegathesan, presidente do ComitéMédico, comentaram a recente suspeita sobre a intoxicação alimentar ocorrida entre os atletas dos 2JARC.

“Este éum caso isolado não relacionado com a comida fornecida pelo ComitéOrganizador ou pelo Hotel. O facto éque não foram registrados mais casos similares ou queixas sobre a qualidade da comida fornecida pelo Comité Organizador durante as reuniões diárias de chefe-de-missão. Para além disso os atletas em questão comeram fora do circuito dos Jogos o que poderáter igualmente causado esta situação,” disse o presidente do COA.

“Foram fornecidas refeições a mais de 3,500 atletas. Se a comida estivesse realmente estragada mais casos teriam sido reportados. Acredito que a causa tenha sido de comida fora,” acrescentou o Xeque.

Dr. Jegathesan disse também que “os casos apresentados foram de gastroenterite e diarreia. As amostras recolhidas e analisadas foram inconclusivas na ligação dos sintomas e as actividades dos serviços de catering”.

“Mais ainda”, acrescentou “não épossível provar uma intoxicação alimentar jáque os sintomas sofridos pelos atletas poderão ter sido causados adaptação quando se deslocam a outras competições internacionais.

“Acreditamos que os sintomas foram causados por elementos exteriores ao catering do ComitêOrganizador”.

De acordo com o Dr. Jega, após investigação o COA irásubmeter um relatório àMAIGOC.